sexta-feira, 27 de abril de 2012

Ah, meus sonhos! Arg, minhas preocupações!!

"Só eu conheço os planos que tenho para vocês: prosperidade e não desgraça e um futuro cheio de esperança. Sou eu, o Senhor, quem está falando."
 (Jr 29;10)

Iaí, vai agarrar os planos do Pai celestial ?

Ei, você pessoa, de novo por aqui! Beleza ou não beleza?
Olha, eu posso não saber quem você é, posso apenas o conhecer de vista ou ter apenas um pouco de afinidade com você, mas uma coisa eu tenho certeza a seu respeito: Você é cheio de planos. Sejam planos rotineiros, como planejar que horas irá acordar, que horas vai pra escola ou facudade, que horas aproximadamente planeja chegar em casa, que horas aproximadamente planeja dormir. Até os planos mais complexos e mais altos, como que profissão irá execer, que escola irá fazer o ensino médio, em qual facudade irá cursar, que lugar irá querer morar,... Se eu for citar todos os planos que nós temos, irei precisar de três ou mais postagens apenas os citando. Alguns desses planos que temos, nós almejamos tanto que se realize, que sempre que começamos a refletir a respeito dele, parece que já o estamos vivendo. Porém tudo o que planejamos e gostaríamos que se realiza-se em nossas vidas, ou seja, os nossos sonhos, muitas vezes vem acompanhado de uma certa preocupação. Tal preocupação muitas das vezes é tamanha, que acaba nos amedrontando, porém em meio a tantos e tantos sonhos e a tantas e tantas preocupações que nos rodeiam, será que nós já demos um "time" e falamos a Deus:

-Deus, esse sonho que eu tenho vem de Ti ? Eu o entrego em suas mãos, e peço para que seja cumprida a sua vontade, seja ela sim ou não.

"Ellysson, eu me amarro em química, sabe? Tenho o maior sonho de fazer um curso técnico em química e depois que terminá-lo fazer uma faculdade de engenharia química, para que assim, além de eu ter um emprego com um salário gratificante, eu exerça aquilo que gosto! Quero muito trabalhar em pesquisas de processos de produção de produtos químicos. Estou prestes a fazer uma prova que decidirá se passarei para o curso ou não."

Nossa, que legal campeão! Um baita sonho, não? Impossível? Claro que não! Mas será que é da vontade do Pai? Será que ele quer que você trabalhe nessa área? Será que depois de uns anos você não se cansaria de trabalhar com aquilo que tanto deseja AGORA e com isso se tornaria uma pessoa frustrada por exercer aquilo que não gosta? Será  que você seria bem sucedido em seu emprego? Será que você realmente dá conta do trabalho?

-Nossa Ellyson, quantas preocupações você colocou em minha cabeça agora!

Não diria preocupação, e sim um despertar  Você já entregou todos os seus planos ao Senhor, e pediu para que ele te mostrasse se é realmente isso que ele quer pra sua vida? Pode ser que o que Ele quer, não seja a sua vontade...

-Ah, pera aí! E se a vontade de Deus for algo que eu vou detestar?

"Tudo que aprendi se resumi nisto: Deus nos fez simples e direitos, mas nós é que complicamos tudo."
(Ec 7;29)

Calma, calma! Lembre-se que ele sempre irá querer o melhor pra sua vida. Não faça igual a Jonas que desobedeceu a Deus e fugiu para a Espanha porque não gostaria de ir à Nínive evangelizar. O resto da história você conhece: Jonas pegou o barco pra Espanha, porém teve uma tempestade, e Jonas foi parar dentro de um grande peixe, e lá dentro ele se arrependeu e Deus o enviou para Nínive. Quando você coloca em sua cabeça que a vontade de Deus será algo ruim para sua vida porque você sabe que não é da vontade d'Ele que você namore com aquele garoto que você tanto gosta, ou que você estude na escola X, você simplesmente piora toda a situação. Porque além da preocupação em sua cabeça, você estará presa em uma mentira, estará querendo ir contra a vontade de Deus e tentará pensar que tudo acabará bem, até que será preciso que você seja engolido por um grande peixe pra aí perceber que foi VOCÊ MESMO que complicou tudo. Dentro da barriga de um grande pexe não é o melhor lugar pra perceber que estava errado. Entregue todas as suas preocupações a Deus! Tudo o que você tem em seu coração, deposite n'Ele! Mas entregue verdadeiramente, hein! Porque há muitos que fazem a seguinte oração:

-Senhor, eu quero tanto tal coisa, mas que seja feita a Sua vontade. Mas eu quero tanto,Senhor! Eu quero muito mesmo!

Dessa forma, você não está entregando o seu sonho a Deus, está apenas confessando o SEU sonho e a SUA vontade. Há um trecho da bíblia que diz: "[...] não mais vivo eu, mas Cristo vive em mim." Será que estamos realmente praticando esse versículo em todas as áreas de nossa vida? Será que os nossos sonhos vem do Pai ou vem do nosso coração enganoso? Será que estamos deixando que Cristo viva em nós para que assim os sonhos d'Ele sejam iguaizinhos aos nossos?
Viver com uma preocupação já é terrível, imagina com várias! Parece que há um fardo de toneladas em nossas costas que carregamos em todos os lugares que vamos. Não conseguimos nos concentrar para fazer absolutamente nadinha! É simplesmente horrível! Eu, por exemplo, sou muito sistemático. Sou um baita neurótico, na verdade.Se você for da minha sala, logo perceberá isso. Gosto de planejar como será minha vida acadêmica, que emprego gostaria de ter, com quantos anos se casar, quantos filhos gostaria ter, e até mesmo, com quanto anos gostaria de tê-los. Na parte dos estudos, eu consigo me superar de tanto chato que sou! Gosto dos meus trabalhos "perfeitos" e sempre penso que se eu perder tal matéria isso me prejudicará em alguma prova de concurso no futuro. Além de eu fazer minha parte, que é estudar, eu entrego nas mãos de Deus. Porque não adianta nada nós sonharmos tanto com algo, porém não nos esforçamos nada pra conseguir. Entrego nas mãos de Deus, eu sempre peço para que a vontade dele seja feita. Apenas sonho, e os entrego. É que nem um trabalho: eu faço, e entrego ao professor,  e cabe a ele julga-lo. E é exatamente assim com os meus sonhos, eu os idealizo, entrego para Deus, e Ele julga se é da vontade d'Ele ou não. E se for, ainda terei que saber em que tempo o meu sonho irá acontecer.
Entregue todos os seus sonhos a Deus. E se alguém disser que tais sonhos são 'impossíveis" de de realizarem, ignore-as, pois elas não servem ao Deus que você serve. Elas não conhecem o Deus verdadeiro.

"Entregue seu caminho ao Senhor, confie nele, e tudo ele fará."
(Sl 37;5)

Que aprendamos a ser jovens que sabem descansar no Senhor. Amém! 

Ellysson Rocha

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Como lidar com o Bullying? (Parte 1)


Olá ser humano! Beleza ou não beleza? Essa postagem será diferente de todas as outras já feitas, afinal de contas, será a primeira em que será realizada pela Amanda e por mim. Nós decidimos unir ideias e fazermos juntos essa postagem porque como nós sabemos que o Bullying está presente no nosso dia a dia e que ele é um assunto complexo e que, consequentemente, nos permite entrar em vários aspéctos dele, concluímos que para termos uma visão mais ampla e podermos tirar respostas sobre as tantas e tantas perguntas que rodeiam tal tema, duas cabeças pensaria MUUUITO mais que apenas uma. E quando ambas cabeças tem o Espírito Santo como guia, aí fica melhor! -HEHEHE- 
Nessa postagem falaremos sobre o que é o Bullying verdaderio e quais as suas consequências, quais tipos de pessoas são geralmente alvo mais fácil de ser vítima de bullying, como ocorre o bullying nas escolas, cursos, ruas e, infelizmente, em algumas -poucas, na verdade- igrejas, cristãos que sofrem bullying seja por causa de sua filosofia de vida, seja por qualquer outro motivo, a posição que nós, cristãos, devemos ter em meio a situações em que o bullying é praticado, e no desenvolver da postagem seram introduzidas algumas cituações reais em que  nós (eu e a Amanda) ou qualquer conhecido presenciamos. Que começe!

 "[...] Deus trata todos de forma igual." (At 10;34)
 
-O que é o Bullying e quais as suas consequências?

"O Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por uma ou mais pessoas contra alguém ou algum grupo.O termo bullying tem origem na palavra inglesa bully, que significa valentão, brigão. Mesmo sem uma denominação em português, é entendido como ameaça, tirania, opressão, intimidação, humilhação e maltrato. O que, à primeira vista, pode parecer um simples apelido inofensivo pode afetar emocional e fisicamente o alvo da ofensa. Além de um possível isolamento ou queda do rendimento escolar, crianças e adolescentes que passam por humilhações racistas, difamatórias ou separatistas podesm apresentar doenças psicossomáticas e sofrer de algum tipo de trauma que influencie traços da personalidade. Em alguns casos extremos, o bullying chega a afetar o estado emocional do jovem de tal maneira que ele opte por soluções trágicas, como o suicídio." (Fonte: revistaescola.abril.com.br)



Ou seja,  O BULLYING É ALGO SÉRIO! Não se pode ser cofudido jamais com aquela brincadeira boba que você faz com seu amigo chamando ele de "chato", "feio", "boba" e etc. Já ouvi muitas vezes na escola e no curso pessoas que se dizem ser vítimas de bullying, quando na verdade, o tal 'bullying" não passa de uma brincadeirinha boba de quinta-série. Parece que algumas pessoas gostam que os demais olhem para elas e pensem: "Ó,coitadinho dela! Ela sofre bullying, meu Deus!".É algo estranho, mas é verdade. Há pessoas que sentem prazer em se vitimizar, quando na verdade são pseudos-vítimas. Quem realmente sofre Bullying, DETESTA dizer que sofre bullying porque sabe que se ele revelar para alguém ou algum grupo que sofre bullying, estará revelando a sua fraqueza. Estará revelando que está a base de remédios anti-depressivos; estará revelando que se sente inferior a todos em sua volta;estará revelando que não se aceita. Mas mesmo em meio à pessoas que são crués para com você, há alguém que te aceita do jeito que você é. Que você pode ir até Ele como você estiver, que ele fará o resto. O nome dele é Jesus. Ele é o Rei dos reis e Senhor dos senhores. Ele é alguém que não vê o olhinho puxado, o seu cabelo crespo, se você tem a cor branca, amarela, negra, se sua roupa é da moda ou já está bastante ultrapassada, se você mora em um apartamento perto da Orla de Copacabana, ou se você mora em um barraco de uma comunidade do Rio de Janeiro. Enfim, Ele simplesmente vê o seu coração! E ele está pronto a tirar essa sua depressão e todo o rancor que vocÊ guarda em seu coração, e jogar para longe de você.

 O DONO DO MUNDO TE ACEITA, ISSO NÃO É O SUFICIENTE?

Em que lugares o Bullying é geralmente feito?

Não há restrições de lugares para que o bullying venha a ser cometido. Porém, há fatores em determinados lugares que pode facilitar a ocorrência do bullying.Quais são esses fatores? Bem, variedade de pensamentos filosóficos, éticos e culturais. 
-Você poderia me dar um exemplo ?
Vamos lá então! Vou citar alguns lugares em que essa diversidade é mais que explícita

Na escola:  A sua escola é o exemplo perfeito! Lá encontramos pessoas completamente diferentes uma das outras. Sempre há o grupinho dos nerd's, cdf's, atletas, musicais, gurpo do teatro, entre outros. E memso dentro desse grupos, ainda há diferenças e subgrupos formados.Mesmo em um grupo de pessoas com as mesmas convicções, pode ser que haja pessoas com gostos, estilos e aparência  diferentes. Quando alguém é vítima de bullying na escola, é diariamente zombada por algum grupo, ou alguém, que o agride, seja verbalmente ou fisicamente. Suas notas começam a cair,e ir à escola acaba se tornando uma tortura para a vítima.
 
 Na vizinhaça: Eis aí um outro excelente exemplo. Ao contrátio da escola em que as diferenção são encontradas em pessoas com mais ou menos a mesma fachetária de idade, na viznhaça as diferenças vão além, pois lá o seu viznho da direita pode ser um nordestino que gosta de escutar axé o dia inteiro e é umbandista, e seu viznho da esquerda ser paulista que só escuta mpb e é agnóstico, enquanto você ser um carioca que só escuta músicas evangélicas e é cristão. 

Na internet: Quando a internet, telefones celulares ou outros dispositivos são utilizados para enviar textos ou imagens com a intenção de ferir ou constranger outra pessoa. A humilhação acaba se tornando algo bem mais púlblico, e o constrangimento ainda maior.

Não importa o lugar, até mesmo dentro de sua casa, haverá diferenças. E haver diferenças entre as pessoas, é excelente! Imagina se todo mundo fosse igual como seria chato!Se tais diferenças fosses respeitadas, seria excelente! Não haveria preconceito e muitas e muitas mortes teriam sido evitadas.Porém, infelizmente, há criaturinhas que não conseguem sair de seu mundinho, e com isso,  não conseguem conviver com a diferença alheia, e para tentar acabar com tal, acaba concluindo equivocadamente que a única saída  para exterminar essas diferenças é a agressão física ou psicológica do outro.

Tipos de bullying e suas vítimas
O bullying está divido em tipos, é cada um deles possui seu principal alvo. As pessoas tornam-se vítima desta agressão a partir do momento que não se enquadram nossos padrões dessa sociedade,que é totalmente corrompida. Seguem alguns tipos:

Verbal: Caracteriza-se por dar apelidos, ofender com nomes, gozar com características pessoais das pessoas.
Físico:  Engloba todo tipo de agressão física. Chutar, bater , beliscar etc.
Moral: Exclui a vítima, atormenta, ameaça, ignora, ridiculariza. 
Racista: Ofende a vítima pela cor da pele, diferenças culturais, e étnicas. 
Cyberbullying:  O agressor utiliza a tecnologia para ofender e insultar a vítima.

As vítimas costumam ser ,gordinhos, magrinhos, baixinhos, altos demais, pessoas que usam óculos, nordestinos (pelo sotaque),evangélicos(por possuírem  práticas e comportamento diferente dos demais), negros, pessoas muito brancas, tímidas etc.
Respeitar as diferença é fundamental para  gerar  relacionamentos agradáveis. Cada indivíduo é único, e possui suas particularidades, o que nos torna diferentes. E o mais importante é que Deus nos ama  e aceita  nossas diferenças.

"[....] Nunca tratem as pessoas de forma diferente por causa da aparência delas." ( Tg 2;1)

Amanda Passos 
e
Ellysson Rocha

terça-feira, 17 de abril de 2012

Amizades- Parte II

O perigo das más amizade 
"As más conversações corrompem os bons costumes" 1Co 15.33

Como disse na primeira parte do  postAmizades- Parte I) ter amigos é uma bênção, mas quando essas amizades estão te afastando de Deus, e bom vigiar e ligar o pisca-alerta .
E que tal responder algumas perguntas básicas agora ?!

1- Você já escutou alguma música só porque todos estavam comentando sobre ela?
2- Já desejou usar um tipo de roupa só porque estava na moda?
3- Você já quis namorar só porque todos estavam namorando?

Se as sua respostas foram SIM, podemos concluir o quanto somos seres influenciados. Por isso devemos ter cuidado e observar quem  ou o que está nos influenciando.Por isso não vale a pena entristecer o coração de Deus afim de agradar aquela turma, que tanto você deseja fazer parte. Muitos jovens acabam passando por cima de seus próprios princípios querendo ser aceito por algum grupo. Então ao se relacionar com amigos faça a seguinte pergunta:  A conduta dessa pessoa é uma influência positiva para minha vida? Ou é negativa ao ponto de afastar de Deus? 
É necessário conviver com diversos tipos de pessoas e ter amigos, mas saber escolher suas companhias é o mais importante de tudo. 
Por isso observe a conduta dos seus amigos, ele(a) anda, a todo momento querendo colocar aquela(e) menininha(o) na sua "fita"?  Frequentemente lhe convida para festinha onde a "carne" reina ? Te induz a mentir ou omitir algo importante de seus pais ?
Peça a Deus que lhe revele se essa amizade realmente é da vontade dele. Afinal, conviver com pessoas que possuem princípios totalmente contrários aos nossos é realmente um grande perigo espiritual. Se nós não vigiarmos pecaremos e desagradaremos o coração do nosso Senhor Jesus.

Escolhendo bons Amigos
"Não vos prendais a julgo desigual como os infiéis" 2 Co 6.14

Paulo nos deixou grande dicas, quando tratamos de amizades(essa palavra também é válida  para aquele amigo que pretende ser seu namorado(a) daqui a alguns anos ou meses rs')
Paulo quis dizer que os seguidores de Cristo e os incrédulos servem a senhores distintos. Com certeza   relacionamentos  profundos com essas pessoas resultariam  em graves problemas. A palavra "Julgo" quer dizer ; um pedaço de madeira fixados em bois que preparam a terra para plantações. O "julgo" tem como objetivo manter os bois sempre juntos, para se  dirigirem sempre na mesma direção.O trabalho fica mais leve, uma vez que o julgo não permite que  os bois  usem todas as suas forças para os lados opostos. Em 2 Co 6.14 , Paulo quis dizer também  que o esforço é em vão se duas  pessoas de valores  e fé diferentes se unirem.
Para  ter bons  amigos, procurem pessoas que tiveram um verdadeiro encontro com Deus, pessoas honradas ,de bom caráter, boas atitudes, e principalmente servos de Deus.

E se ...
a maioria dos meus amigos são do "mundo" ? Darei a dica por experiência própria, passei por um momento onde a maioria dos meus "amigos" eram do mundo. Me sentia incompleta , até por que, sempre estava pronta a ajudar, dar conselhos , e quando eu precisava ... Não tinha ninguém, ou apareciam conselhos malucos, que na maioria das vezes eram contra os princípios de Deus. Comecei a orar e pedir a Deus que ele enviasse verdadeiros amigos, que fossem tementes a ele e que me ajudasse na caminhada.  Hoje, graças a Deus, tenho verdadeiros amigos e o mais importante , servem ao meu Deus também \õ/.
eu tenho um grande amigo,mas ele não é evangélico? Também tenho amigas que não são evangélicas ou são "desviadas" e isso não interfere no que sinto por elas. Mas, todo o momento falo sobre a palavra de Deus . E sempre oro para que um dia elas possam  estar ao meu lado, na  igreja e  no céu também. Não desista , ore e interceda.

Por isso agradeço a Deus pela vida dos meus amigos e oro muito para que a nossa amizade seja eterna! Amo vocês!

Mãe ,Pai, Clarice Santos, Joyce Geber, Suelen ,Carol Souza, Larissa's, Kadu Costa,Yan Barboza, Lucas Bastos, Matheus Bastos, Bianca Passos, Elyson Rocha, , Anne Caroline, Julia Silva, Natalya Rodrigues e Meu melhor amigo Jesus!



Amanda Passos


segunda-feira, 16 de abril de 2012

Memórias Póstumas de um drogado -Parte 1-


Oi, e meu nome não importa, e eu morri hoje. Morri de overdose às oito horas e quarenta e nove minutos da manhã dessa segunda-feira. Morri sozinho, dentro do meu quarto.Tinha acabado de chegar de mais uma noite alucinógena junto a meus amigos. Cheguei a casa às sete horas e cinqüenta minutos. Tinha passado toda a madrugada e boa parte da manhã em boates me drogando.Ao chegar em casa, fui diretamente ao meu quarto; não olhei nem para os lados. Entrei nele, e o tranquei com cadeado para que ninguém entrasse; queria ficar sozinho! Meu quarto estava frio, e como eu havia fechado as janelas, estava um tanto escuro também. Apesar de ter passado horas e horas perto de amigos, escutando música alta e fazendo o uso de drogas, eu ainda estava angustiado, triste, revoltado e me sentindo desprezado. Passei uns trinta minutos deitado na minha cama e tentando lembrar de tudo que havia acontecido, mas como não lembraria tão cedo, decidi me drogar... De novo. Fui rapidamente até o meu armário, puxei uma das gavetas bruscamente, e logo em seguida, peguei uma seringa, que, por sinal, já estava usada. Procurei nas outras gavetas a metanfetamina, e logo depois a encontrei debaixo do meu travesseiro enrolada a um papel. Peguei um copo com água que estava em uma das prateleiras do meu quarto, e misturei a metanfetamina a ele. Depois de misturá-los, o coloquei na seringa. Meu ser gritava de vontade por aquela droga. Escolhi a veia, e em uma tentativa de tirar todo aquele lixo psicológico que estava em mim, ejetei toda aquela substância tóxica em mim. Fiquei eufórico, demasiadamente alegre e atento. Podia ouvir claramente cada ranger de móveis do meu quarto. Dei algumas risadas sozinho sem saber o porquê de tal. Sentia-me “bem”. Depois de alguns minutos, todo o efeito havia passado, e todos os sentimentos que sentia antes, voltaram mais intensos ainda. Não sentia mais apenas tristeza e angustia, sentia uma depressão profunda.Comecei a chorar desesperadamente. Me sentia completamente sozinho; tudo o que eu queria naquele momento era o abraço de alguém. Eu queria minha mãe ali do meu lado. Eu chorava e chorava, porém ninguém ouvia, logo lembrei que minha mãe havia ido trabalhar, e meu irmão estava na escola. Lembrei das tantas e tantas vezes que fiz minha mãe chorar por causa do meu vício. Lembrei das brigas, dos móveis quebrados e das agressões ocorridas por minha causa. Lembrei claramente do  dia em que meu irmão ficou abraçado com minha mãe no canto do quarto com medo de mim. Podia escutar claramente naquele momento os xingamentos que os vizinhos faziam contra mim quando eu saia na rua. Comecei a lembrar dos boatos a meu respeito, tais como: “Aquele drogado mais uma vez foi expulso de sua casa.”, ou “A polícia mais uma vez foi chamada na casa daquele viciado”. Sempre que escutava os boatos, tentava não ligar, mas naquele momento aquilo estava me corroendo tanto por dentro! Senti-me o verdadeiro lixo naquele momento. “Drogado! Viciado! Você não presta! Se você morrer, vai fazer um favor à sua família e a seus vizinhos!” Uma voz sussurrava tudo isso a meus ouvidos. Chorava lágrimas de sangue enquanto pensava em tudo isso. Onde estavam meus “amigos” naquele momento?  Puxei meus cabelos, e rasgue iminhas roupas de tanto desespero. Gritava de tristeza. Lembrei que o meu vizinho ia a igreja e sempre andava com a bíblia de baixo do braço. De vez em quando escutava uma música evangélica saindo da casa dele. Como ele era evangélico, pensei que talvez ele pudesse me ajudar. Talvez o Jesus que ele acreditava pudesse fazer algo por mim. Pensei em ir até a casa dele perguntar o que a bíblia que ele lia, falava sobre mim. Iria perguntar se havia jeito pra mim, e se o tal Jesus pudesse mudar minha situação. Entretanto decidi não ir, afinal de contas, ele nunca havia falado comigo. Achei estranho porque mesmo ele sabendo de tudo que estava acontecendo comigo e minha família, nunca veio falar de Jesus pra mim. Será que até ele tinha medo de mim? Como aquele momento estava tão desesperador, não deu tempo de raciocinar muito, e questionar-me por que ele nunca havia falado de Jesus pra mim, com isso, logo conclui que eu não era dígno de saber quem era Jesus, afinal, se eu fosse, o meu vizinho teria falado dele pra mim. Comecei a olhar para as paredes do meu quarto.Quem diria que meras quatro paredes feitas de tijolos e cimento seriam testemunhas de uma das vidas mais lamentáveis que já havia vindo a esse mundo, e essas mesmas paredes, estavam prestes a registrar o fim de tal vida; o que seria um descanso para elas. “Chega! Esse tormento acabará hoje!” Pensei eu naquele momento. Foi então que peguei todo o armazenamento de drogas que eu tinha guardado no meu armário. Juntei todas, desde as líquidas, passando pelos comprimidos e ervas até chegar às pedras. Fui até o armário de remédios da minha casa, procurei o remédio tarja preta que minha mãe usava justamente por minha causa, e o coloquei junto as demais drogas. Tirei cada comprimido de sua embalagem, peguei um copo d’água e os tomei. Todos. Senti minha garganta sendo machucada de tantos comprimidos que havia consumido. Não perdi tempo, e logo depois peguei todas as drogas ejetáveis, as misturei e apliquei tudo em minha veia. Estava tão desesperado naquele momento, que na primeira tentativa, acabei estorando uma de minhas veias. “Está feito!” pensei. Não incomodaria mais a vida de ninguém. Minha mãe e meu irmão, que eu tanto amava mas não pude demonstrar meu amor por eles, poderiam viver em paz agora e meus vizinhos não ficariam mais preocupados pelo fato de ter um drogado na vizinhança Tudo ficaria melhor com a minha morte. Naquele momento, lembrei dos momentos em que era feliz. Lembrei das vezes em que eu era criança e minha mãe levava eu e meu irmão no parquinho. Nós brincávamos, corríamos, tirávamos fotos e tudo mais. Sabe, minha mãe levava eu e meu irmão pra tomar sorvete,... Era da hora, sabe? Às vezes eu fazia uma birra por minha mãe dá mais atenção a meu irmão por ele ser mais novo, mas era só pra chamar a atenção. Minha mãe me levava na escolinha, e eu falava pro meu irmão ”Um dia você vai ta aqui comigo, e a gente vai estudar junto irmão!” Quando eu lembrei disso, uma lágrima caiu do meu rosto.Eu os amava tanto, mas não podia dizer mais isso pra eles. Lágrimas saíram do meu rosto de amor a minha família. Como eu queria estar aí no seu lugar agora. Ter o privilégio de abraçar meu pai, minha mãe e meus irmãos e falar que o amo. Cara, dá mais valor a tua família! Dá mais atenção pra sua mãe, tenta ser mais amigo do seu irmão! Será que você continuará dizendo que odeia seu irmão na cara dele, que não suporta olhar pra cara do seu pai porque ele é “chato” com você? Mas voltando à minha história... Já era tarde pra mim, aquelas substâncias naquele momento estava correndo por minhas veias e destruindo tudo o que tinha pela frente. Não demorou muito para a primeira espuma sair de minha boca. Logo veio mais e mais... Minha respiração começou a ficar cada vez mais e mais ofegante. Minha visão começou a escurecer e eu comecei a perder os sentidos; larguei a seringa de minha mão. Um frio sobrenatural começou a circular por aquele quarto. Não era um frio normal, afinal ele não só esfriava o quarto, mas também esfriava minha alma. Sombras me abraçaram, e depois disso eu não lembro de mais nada. Não havia me dado conta, mas acabara de morrer... Eu morri, morri sem conhecer a Cristo. Eu sou mais uma alma. Mais uma vida tragada. Mais um jovem perdido. Mais um no Inferno. 


                                                                 Ellysson Rocha 



sexta-feira, 13 de abril de 2012

O pecado da masturbação

Olá pessoa! Beautiful or not biautiful? (Nossa, essa foi péssima Elyson...) Já fazia tempo que estava pensando em fazer uma publicação sobre esse assunto em específico. No blog sempre teve publicações em que se tratava de matar a carne e ser guiado pelo Espírito como "Hábitos pecaminosos" e "Resistindo as tentações" e tal.. Em algumas partes até falava-se especificamente sobre masturbação, mas nunca ao ponto de se apofundar no assunto. Assunto ,que por sua vez, continua a gerar muitas dúvidas e polêmicas entre milhões de jovens em todo o mundo. 
Se você frequenta o grupo de adolescentes ou jovens de sua igreja, sabe que vira-e-mexe fala-se nas pregações sobre masturbação e suas consequências. Alguns ficam acanhados, outros já tem determinada liberdade ao falar; alguns confessam que praticam e que, infelizmente, não conseguem parar, já outros dizem que já estão libertos desse vício ou que nunca chegaram a praticar. Raramente esse último exemplo é citado. Geralmente quando vão falar sobre esse assunto ou algum assunto parecido, eles separam os meninos das meninas, para que assim, todos sintam-se a vontade pra conversar e debater. Talvez você já tenha entrado em algum debate desses, mas não em alguma aula das escola dominical, mas sim em alguma roda de amigos na escola, na rua, ou em qualquer outro lugar. Mas independente do lugar, esse assunto sempre rende conversa!
Mas por que será que mesmo com toda a liberdade que os jovens tem nos dias de hoje de ir pedir conselhos aos professores da igreja, aos pais, ao pastor, ou a algum amigo, eles continuam a sentir-se envergonhados e presos quando se trata de assuntos como esse? Por que será que sempre é colocada uma espécie de tampões de ouvidos e mordaças nas pessoas quando vão falar de assuntos como sexo e masturbação? Muitas às vezes o que era pra ser um diálogo construtivo, acaba se tornando algo infantil, ou restrito; simplesmete por causa da imaturidade, tanto psicológica, como espiritual dos que estão na conversa. Eu quero deixar bem claro que eu não estou incentivando ninguém a sair por aí falando masturbação e sexo de uma forma mundana que te levará a pecar ,pelo contrário, estou dizendo que a masturbação é um assunto que deve ser tratado por deixar muitas as dúvidas nas pessoas. Desde que você fale de forma devida, com a pessoa certa e levando como lição tudo o que a bíblia diz sobre determinados atos, você não pecará. Ou seja, desde as pessoas te vejam como um crente mesmo falando sobre isso, não há problema. Depois de só nos "aquecer", vamos ao que interessa! 

"Não existe ninguém no mundo que faça o sempre o que é correto e que nunca erre." (Ec 7;20)

 A masturbação, mesmo sendo levada na brincadeira por algumas pessoas, é um assunto sério que tem levado muitas pessoas para fora da presença de Deus. Para você entender melhor a minha mensagem, irei criar um personagem chamado "Pacco" que irá mostrar todos os passos de alguém que está preso na masturbação e que consegui se livrar.
Pacco começou a se masturbar porque pensava que não havia problema, muitos dos seus amigos diziam que era normal e que era até uma forma de "aliviar" os desejos -o que é uma baita de uma mentira-. Porém certo culto de domingo, Pacco descobriu  que é pecado, e que como qualquer outro pecado, Deus não se agrada nadainha. Isso gerou um sentimento de culpa enorme dentro dele, e ele logo tentou parar de cometer a masturbação. Apenas tentou. Conseguiu ficar uns quatro dias mais ou menos, e quando ele se deu conta, lá estava ele de novo no pecado.Assim que aquele momento efêmero de prazer assistindo pornografia na internet havia acabado, paracia que o prazer havia se multiplicado e se transformado em culpa. Ele pensou: "Meu Deus, o que eu fiz! Por que eu pequei contra o Senhor?! Me perdoe, por favor! Eu prometo nunca mais me masturbar novamente!" Ele fez uma oração, pediu forças a Deus, e continuou sua jornada. Dias vão, dias vem e..."Ah, não! De novo não! Por que eu caí novamente em pecado?" Pacco questiona novamente Deus.

"Eu não intendo o que faço, pois não faço o que gostaria de fazer. Pelo contrário, faço justamente aquilo que odeio." (Rm 7;15)

Pacco sente-se muito triste, porque sabe que continua a machucar o coração de Deus quando comete tal pecado.Até que suas orações são respondias. Ele não perguntou porque voltou a cair em pecado ? Então, Deus respondeu. Deus disse:
"Filho, você já percebeu que quando você está em minha presença você não deseja masturbar-se? Você já percebeu que sempre que você sai dos cultos cheio do meu Espírito, cantando as músicas que foram cantadas no culto, e logo depois quando vai dormir faz aquela oração caprichada e lê a bíblia com a maior vontade, esses desejos carnais não passam pela sua cabeça? 
Mas depois de um tempo, quando você chega na escola, no seu curso e na sua rua, você começa a se misturar com os seus "amigos" que te fazem pecar devido as conversas que vocês tem, aqueles pensamentos impuros começam a te invadir? É simplesmente você juntar-se a eles, e você ser bombardeado por pecados. Uma conversinha indecente aqui, outra ali, um "olha esse vídeo aqui no meu celular!"de um lado, um "Nossa, olha aquela gata ali!" de outro, e quando você percebe, os desejos voltaram tudo de novo. Eis aí a resposta que você tanto pediu: Você só cai em tentação simplesmente porque você sai de minha presença, porque se seu espírito estivesse mais forte que sua carne na hora em que você está sozinho no quarto na frente do computador, você não pecaria contra mim se masturbando. Respondido, filhão?"

"Como dizem por aí: Um pouco de fermento fermenta toda a massa." (Gl 5;9)

A ficha de Pacco foi caída. Agora ele sabe exatamente o que o está levando a pecar. Ele sabe que não é apenas um fator, e sim vários e vários fatores que o levam a se masturbar. Agora cabe a ele decidir se vai ou não ficar no erro...
"Ah, agora eu tenho a resposta. Valeu Pai! Agora com certeza eu não continuarei a ficar no erro..." A animação toma conta de Pacco, o seu sorriso estridente e sua força de vontade são enormes! Passasse dois dias, quatro dias, oito dias, dez dias. "Nossa, está bem difícil resistir, confesso. Estou até evitando de entrar muito no meu pc. Todas aquelas cenas impuras que via a algum tempo estão vindo em minha mente direto, mesmo sem eu querer! Luto a todo instante! Leio algum livro ou jogo video-game pra ver se me distraio... Mas pelo visto a tv e a internet não estão colaborando nadinha comigo." Continuando a contagem dos dias: doze dias, quartorze dias, PECADO! Pacco estava na frente do seu computador, quando começou a entrar em alguns sites que não explicitava nenhum conteúdo erótico, mas mandava suas "bombas" de pecado de maneiras diferentes. Um desejo bem conhecido começou a bater novamente em seu coração...

Toc, Toc!
-Quem é?
-Sou eu, a pornografia!
-Ah, não! Já disse que não quero você aqui!
-Pode ficar relaxado, porque nessa visita eu não vou querer almoçar, assistir a um filminho e no final tomar aquele cafezinho. Eu vim apenas te cumprimentar e colocar apenas uma partezinha da conversa em dia!
-Jura?
-Juro! Só vou ficar uns cinco minutos! Vou ficar na sala mesmo! Só pra matar a saudade, sabe?
-Ah, se for dessa maneira pode entrar, pô!
-Mas abre logo a porta porque tá chovendo aqui fora!

 "Só verei algumas imagens, nada mais! Logo depois eu saio! Não irei me masturbar, apenas olharei." Pacco havia se esquecido que o pecado começa na mente. Ele acessou todo aquele conteúdo erótico, como se Deus não existisse. Dessa vez a mesa estava farta de pecado, e Pacco havia degustado cada prato ao máximo. Eis que chega uma hora que a comida acaba, e a sobremesa é servida. Qual a sobremesa? Culpa! Culpa com recheio extra de desespero. "Eu não valo nada! Eu não consigo viver em santidade! O céus!" E todo o drama volta a acontecer. Um ciclo já foi formado, e Pacco nem percebeu. Ele tenta levantar, mas cai novamente. Tenta levantar-se mais uma vez, mas as lamas do pantano do pecado o faz escorregar cair. E tudo isso se repete por incontáveis vezes. 
A culpa acompanha Pacco pra onde quer que ele vá. E junto com a culpa, todos aqueles pensamentos sujos. A carne de Pacco está tão forte, que ele não tem forças mas nem prar orar e cantar. Pacco está morno. Quando ele vai ao culto, ele não se sente bem porque algo o diz que ele não merece estar ali, afinal de contas, ele é um "sujo" e "imprestável" que não sabe viver em santidade. Mesmo a bíblia sinalizando que Satanás é o pai da mentira, Pacco sempre acredita nele. Ele sempre abaixa a mão na hora do louvor da igreja.Várias áreas da vida de Pacco é afetada devida a masturbação. Prisões na vida de Pacco estão formadas, e ele não tem a menor ideia de como sair delas.

"A Alegria do Senhor é a nossa força." (Ne 8;10)

Pacco pede novamente resposta a Deus. Ele quer saber porque ele caiu em pecado, afinal de contas, ele estava indo tão bem. Pacco com o coraçaõ já com tantas feridas e demasiadamente cansado, faz essa oração: "Deus, porque eu sempre caio em pecado? Porque sempre fracasso? Durante um tempo eu conseguir ficar dias sem pecar! Parei até de conversar com algumas pessoas, pois sabia que elas estavam me levando a pecar. Onde foi a minha falha, Pai? Eu não quero viver desse jeito que estou agora, cheio de culpa, desespero, cansaso e aflição! Eu quero ser livre; completamente livre! Eu quero que essas prisões sejam quebradas.O Senhor sabe quantas lágrimas já derramei, e sabe que já não aguento mais. Não aguento mais machucar seu coração com os meus pecados odiosos. Chega!!" Mesmo Pacco estando com várias feridas espiritual, ele não hesitou ao pedir socorro ao maior médico de todos. Ele sabia que estava nescecitado, e que só Jesus o poderia curar, foi aí que Deus respondeu em seu coração: 

"Meu filho, você busca força em si próprio.Você se sente tão confiante, ao ponto de pensar que pensar que é o "superman" espiritual. Mas logo depois de um tempo percebe que toda aquela força era ilusória. A força verdadeira não virá de você, e sim de mim! Quando você começar a ser tentado, e orar fervosamente pedindo forças, eu te darei a maior força sem hesitar! Busque forças em mim, e não em você, meu filho! Quem mais detesta o ver triste, se sentindo um nada e desesperado, não é você não, sou eu! Quero tirar todo esse sentimento de você e jogar fora! Você não nasceu pra viver assim, não! Eu quero transformar esse entimento de culpa em arrependimento! Ore, ouça músicas que irão te ajudar espiritualmente e mergulhe na minha palavra, que você nem sentirá falta de procurar esses prazeres efêmeros. A minha alegria é eterna! EU TE AMO!"

Uma alegria sobrenatural o tomou. Pacco quebratou-se por completo. Confessou pecados nunca antes confessados, arrependeu-se VERDADEIRAMENTE e encheu-se novamente do Espírito do Senhor. Desse dia em diante, Pacco nunca mais voltou a se masturbar. Nos primeiros dias foram bem difíceis, mas ele sempre buscava forças no Senhor, e não nele. Depois de um tempo, ele nem sentia mais falta de assistir pornografias, afinal, ele agora tinha algo infinitamente melhor em sua vida: A presença de Deus sempre com ele. O que parecia impossível para o próprio Pacco, havia se realizado em sua vida. Tantos e tantos clamores, tantas e tantas lágrimas tiveram efeito.Hoje ele pode dizer que é completamente limpo e restaurado, e que Deus fez, está fazendo e fará muito mais milagres em sua vida. 
Hoje ele é usado para fazer postagens em um blog bastante abençoado, sabe? E através de suas postagens Deus adifica e retaura a vida de muitas pessoas, porque aquele que começou a obra na vida dele, é fiel e cumpriu! E ainda irá fazer muito e muito mais na vida desse jovem.

Prazer, meu nome é Pacco!
:-D

Isso mesmo, eu me usei como exemplo pra fazer com que você saiba o que Deus está dizendo pra você, e que pra você saber que do mesmo jeito que Ele me libertou completamente, ele também quer te libertar por completo! Não pense que não há mais jeito, porque isso não é verdade. Satanás tem matado muitos jovens nos dias de hoje com suas mentiras, e por incrível que pareça, muitos deles conheceram a Cristo, porém ficaram abatidos com as lutas e resolveram se desviar.Não adiantaria nada eu falar que a partir de hoje você não irá mais se masturbar e tudo mais, porque não é bem assim que funciona. Primeiro, você tem que querer. Segundo, tem que estar disposto a abrir mãos de muitas coisas que o mundo nos oferece.Talvez amizades tenham que ser desfeitas para que assim você tenha ter uma vida em santidade. Terceiro, tem que haver o quebrantamento e arrependimento verdadeiro. E quarto, tem que buscar. Lê bastante a palavra e vigiar bastante. VIGIA CRENTE!!!! E que a semente que foi plantada em seu coração através dessa postagem, venha a crescer e frutificar bastante. E se você cair novamente, levante-se, erga a cabeça e continue firma a jornada. Não olhe pra trás, e sim para frente!

 Umas musiquinhas que irá te ajudar nessa jornada:

Sou Humano - Bruna Karla
Coração Valente- Anderson Freire
Meus Próprios meios- Oficina G3

Ellysson Rocha

 



quarta-feira, 11 de abril de 2012

Pregações de Paul Washer

Olá pessoa! Beleza ou não beleza?
Eu estava navegando pela internet já a um bom tempo, quando me deparei com alguns vídeos de um pastor estadunidense chamado Paul Washer -Já ouviu falar nele?- Pois bem, assisti ao primeiro vídeo, assisti ao segundo, ao terceiro e por aí vai! Achei incrível a habilidade que ele tem de lidar com jovens através de suas pregações. Trazendo de forma coesa e impactante a palavra de Deus, Paul Washer tornou-se um dos meus pregadores favoritos; e gostaria que você também o conhecesse através dos vídeos, e que a sua vida espiritual  também seja renovada assim como a minha foi! Colocarei três vídeos dele aqui em baixo, e espero que goste! Se depois de ter assistido aos vídeos queira assistir mais pregações dele, encontrará facilmente no You-tube vídeos e mais vídeos dele!


video




Espero ter ajudado, fika com Deus e thcau!

Ellysson Rocha



terça-feira, 10 de abril de 2012

Amizades - Parte I

"Em todo tempo ama o amigo e na angústia nasce o irmão" Pv 17.17

Animados ou serenos, companheiros, sinceros, amáveis, diferentes, mas AMIGOS. São eles que estão presentes nos  momentos bons e ruins , nos divertem , guardam nossos segredos e tornam nossa vida mais feliz. Afinal ,não há nada melhor do que ter boas companhias e alguém em que podemos  confiar.
Jesus enquanto viveu aqui  na terra também teve amigos. A Bíblia diz que milhares de pessoas rodeavam e o seguiam para observar seus feitos e aprender seu valiosos ensinamentos. Porém, apenas alguns eram seguidores fiéis e acreditavam que ele era o Messias.
Mas como andam as suas amizade?  Elas te levam para perto de Deus ou te afastam ? Você tem influenciado   seus amigos ou  ultimamente tem sido influenciado por eles ?

Nem todos aqueles que te acompanham são seus amigos. Para ser amigo é necessário tempo para conhecer a pessoa além do que ela mostra exteriormente. Por isso é fundamental orar a Deus e pedir a ele que  nos revele quem realmente são nossos amigos.

As boas amizades contribuem para o nosso bem estar e sempre nos levam a patamares elevados. Uma boa amizade é aquela que ambos crescem, aprendem  ou ensinam algo de útil . É claro que a sua amizade não deve ter somente momentos sérios, as brincadeiras e descontrações também são importantes. Mas, se essas brincadeiras e descontrações tem feito você pecar, ir contra os princípios de Deus e até mesmo dar mau testemunho, pense e analise se realmente vale a pena ter essa amizade. E lembre-se a verdadeira amizade nos conduz a caminhos de vida e não de morte.

Deus se agrada com os bons relacionamentos de amizade dentro da igreja. Mas ,Amanda isso quer dizer que eu só devo ter amigos da igreja (evangélicos)?
Preste atenção ! É importante termos amigos evangélicos, até porque  eles terão os mesmos princípios que os nossos e crerão  no mesmo Deus (infelizmente até na própria casa de Deus temos que vigiar pois existem muitos "lobinhos" disfarçados  de "ovelhas"). Porém , isso não significa que você está proibido de ter amigos do "mundo", desde que você venha influenciar -los e não deixar-se influenciar pelos maus hábitos e costumes. "as más conversações corrompem os bons costumes" 1Co 15.33
 Para que isso aconteça, é preciso ter um relacionamento bem firme com Deus, estar bem "alimentado" espiritualmente, para não ser influenciado e  levar a palavra do Senhor ao seu amigo que ainda não aceitou  Jesus. Um amigo de verdade seria omisso e correria o risco de ver o outro ir para o inferno por sua omissão ?
# Dica: Fale do amor de Deus para o seu amigo e convide todos eles para irem a sua igreja. Você estará obedecendo o que  Marcos 16.15 diz:  "Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura". Também não esqueça de orar e interceder pela vida de  todos eles.

Mas , antes de fazermos  amigos , devemos ser amigos de Jesus, afinal ele é o nosso melhor amigo. Nos tornamos amigos do Senhor quando amamos e obedecemos a sua palavra. Uma verdadeira amizade nasce através de um relacionamento sincero, construído em bases sólidas, tendo comunhão, respeito e carinho. Logo, para sermos amigos de Deus é necessário assumir um compromisso com ele. Afinal Ele nos ensinou com a própria vida o significado da genuína amizade.
" Ninguém tem mais amor pelos seus amigos do que aquele que dá a vida por ele." João 15.13


Na próxima semana continuamos, com os seguintes assuntos : o perigo das más amizades e escolhendo bons amigos . Um grande abraços e até semana que vem ! Espero vocês!

Amanda Passos

sábado, 7 de abril de 2012

Fugindo para Berseba...

"Aí ela (Jezabel) mandou um mensageiro a Elias com a seguinte mensagem: 
-Que os deuses me matem, se até amanhã a esta hora eu não fizer com você o mesmo que você fez com os meus profetas!
Elias ficou com medo e, para salvar sua vida, fugiu com o ajudante para a cidade de Berseba, que ficava na região de Judá [...]"  (1 Reis 19;2-3)

Você também está sentindo medo em sua jornada? Relaxa, Deus está bem ao seu lado! 

Às vezes somos como Elias quando como foi para a cidade de Berseba com medo de que Jezabel o fizesse algum mal. Ou seja, mesmo tendo toda autoridade que nos foi dada por Jesus Cristo e mesmo sabendo que Deus está do nosso lado, ficamos com medo. Não sabemos o que fazer. Ficamos como crianças pequenas que em meio a uma multidão não conseguem avistar seus pais, ou como uma criança pequena que fica assustada quando está sozinha em seu quarto em meio a uma tempestade cheia de raios e trovões...Mas não fique envergonhado com isso! Jamais! Isso só mostra o quão você é independente de Deus. 
Muitas às vezes, os problemas ao nosso redor são tantos, as situações são tão sufocantes, que acabamos nos deixar levar pelo medo; pensamos em desistir, pensamos em fugir para Berseba, assim como Elias fez. E não pense que por você sentir medo é sinal de imaturidade espiritual, não! Elias foi um dos maiores profetas que já passaram por esse planeta! Pela fé que ele tinha em Deus ele ressucitou um menino; com autoridade, ele fez com que Israel ficasse em uma seca durante anos, e com a mesma autoridade, fez com que depois de alguns anos ela voltasse a ter uma terra fértil; Deus fez com que ele envergonhasse 450 profetas do deus Baal; e no final de sua vida ele foi arrebatado. Ele não precisava fugir de Jezabel, mas ele fugiu. Sabe porque? Porque mesmo ele sendo profeta, ele era humano. Ele sentia medo assim como você está sentindo. O seu problema não é Jezabel querer te matar, mas o seu problema talvez seja uma doença grave que foi diagnosticada em você;  o seu problema talvez seja as brigas frequentes dos seus pais que já estão os levando a um divócio. Alguém, ou té você mesmo, já tenha dito que não há mais jeito pro seu caso,  mas meu amigo, lembre-se: a última palavra sempre será de Jesus! Talvez você já esteja cansado de tanto orar e não ver nada mudando, pelo contrário, perece que quanto mais você ora, mais as coisas só pioram. Quanto mais você busca a Deus, mais a situação complica para o seu lado. Algumas vezes, o medo,a angustia e a solidão são tão grandes, que você não sabe fazer mais nada a não ser chorar e chorar. Além da solução do seu problema, a única coisa que você pede é pra Deus não não te deixar, porque sabe que sem Ele, você acabará perecendo. Se a vida tivesse um botão de "game over" e te fizesse ir direto para o ceu, você já teria apertado ele a muito tempo. Se você não tem mais forças, peça a Ele forças, se você não tem mais paciência, peça a Ele paciência. Pode chorar o quanto você quiser na presença de Deus, mas chore sabendo que a sua vitória está por vir! Não fuja do problema, enfrente-o e diga a ele: "Você ainda insiste em mim? SE LIGA! Deus tá comigo; você será destruído brevemente.Vai encarar?".

"Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum. Pois tú, ó Senhor estás comigo; tu me proteges e mediriges." (Salmos 23;4)

Concentre-se nessa parte: "[...] não temerei mal nenhum." 

Ellysson Rocha


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...